Associação de Telemarketing

Na maioria dos países pelo mundo for a já existe uma associação de telemarketing, e Portugal não é exceção.

A Associação Portuguesa de Contact Centers (APCC) é uma associação constituída por 54 empresas representando doze sectores da economia. Tem por missão desenvolver sustentadamente o mercado de “call e contact centers” no país.

Associação Portuguesa de Contact Centers

Esta associação de telemarketing pretende credibilizar, desenvolver, valorizar e promover este mercado em Portugal, por forma a contribuir dinamicamente para a criação de novas oportunidades de negócio sustentado e, consequentemente, ter um impacto relevante na economia nacional.

A Associação de telemarketing pretende que todas as empresas credíveis do sector se envolvam no projecto, trabalhando em parceria, mobilizando outras entidades de forma a facilitar a criação e promoção de uma auto-regulação para o sector.

Associação Portuguesa de Contact Centers

Funcionamento da Associação de Telemarketing

Com uma estrutura muito flexível, a associação de telemarketing pretende facilitar a criação de condições para o desenvolvimento sustentado do mercado, identificando e promovendo novas oportunidades, e também precaver eventuais ameaças que possam comprometer esse desenvolvimento.

Muitos outros países também enfrentam esta pretensão de regulação do sector do telemarketing. Nos EUA, a associação de telemarkeitng denomina-se Direct Marketing Association, que estabeleceu directrizes para telemarketing sobre questões como o horário de chamada, uso de números de telefone não cotados e gravação de conversas.

Algumas das leis propostas exigiam o registo de advogados num estado. Um registo, muitas vezes, inclui requisitos de chamada, apresentação de scripts e/ ou nome de funcionários e outros dispositivos administrativos destinados a criar uma lista de comerciantes fraudulentos.

Outras leis pretendiam que as empresas telefónicas ou o próprio governo mantivessem uma lista de pessoas que se opõem a receber telefonemas de vendas não solicitadas. Com isto em mente, os operadores de telemarketing deveriam ter uma lista, compará-la com a sua própria e não chamar essas pessoas.

Para esta associação de telemarketing, variados outros projectos de lei procuram restringir as horas disponíveis para os operadores de telemarketing, em regra limitando as chamadas para o mais tardar nove horas da noite, hora local. Mais leis ainda em discussão seriam as de proibir a realização de alguns tipos de vendas de telemóveis sem contrato escrito e assinado e devolvido pelo consumidor.

Lista “Do Not Call” para evitar o Telemarketing

Uma outra associação de telemarketing é na Nova Zelânida, onde as empresas responsáveis que utilizam o telefone como ferramenta de marketing se inscrevesse numa lista Do Not Call por forma a garantir que não contactariam qualquer número que lá constasse. Este é um serviço gratuito oferecido aos chefes de família da Nova Zelândia.

lista do not call martketing

Esta associação de marketing não é titular, nem aluga ou vende listas com nomes, endereços ou números de telefone das famílias nesse país. Se lá vivesse e perguntasse a uma empresa ou organização onde obteve o seu número e lhe dissessem que foi a associação de telemarketing, estaria a ser induzido a erro.

Estes comerciantes recebem com regularidade uma cópia actualizada da associação de telemarketing com a lista Do Not Call e combinariam com os nomes e números de telefone das suas próprias listas ou das que pretendem usar, comparando com o que figurava na lista fornecida e não contactariam essas pessoas.

Posted in Telemarketing and tagged , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *